Clínica de Reabilitação para Dependentes Químicos

Nós, da Clínica de Recuperação Grupo Nova Etapa, entendemos que o vício em drogas ou em álcool é uma doença complexa, que se caracteriza por desejos incontroláveis e extremamente intensos de utilização da substância, e que persistem ainda que o resultado do uso seja altamente desastroso na vida da pessoa. O caminho que leva ao vício sempre se inicia com o uso voluntário, mas raramente a vontade do viciado, sozinha, poderá fazer com que ele abandone o uso e recupere sua vida normal.

A dependência química é resultado de uma exposição prolongada do cérebro a alguma substância como drogas, álcool ou medicamentos. Elas afetam os circuitos cerebrais, em especial os circuitos de motivação e recompensa, que passam a exigir cada vez mais substância para a sensação de alívio ou euforia buscada possam ser atingidas. Se você está viciado em alguma substância, pode ainda não ter se aberto com ninguém, mas certamente sabe que não existe uma simples escolha de abandonar o seu uso de uma hora para outra. Pode até ter tentado algumas vezes, sem sucesso.

Na realidade, como o vício altera as funções do cérebro, quanto mais você se afunda nas substâncias, mais tempo você passa se dedicando ao consumo e ao pensamento voltado a ele. Seus pensamentos estão voltados a conseguir a substância, usá-la, e se recuperar apenas para começar tudo novamente. É um círculo vicioso, que acaba deixando pouco espaço em sua vida para você se dedicar ao que realmente importa e gostaria: sua família, seus amigos, seu trabalho.

Nossos profissionais são altamente habilitados para tratarem com esses casos, e possuem inúmeros anos de experiência. Entendemos que o abuso e o vício em substâncias químicas são motivados por diversas razões, e que nenhum paciente é igual ao outro. Justamente por isso, nossa abordagem é sempre personalizada, e multidisciplinar, de forma a abranger todos os problemas pessoais que levam ao abuso das químicas e à autodestruição.

As primeiras medidas tomadas quando um novo paciente chega até nós envolvem a imediata avaliação por uma equipe multidisciplinar, formada por clínicos gerais, psiquiatras, neurologistas e psicólogos, que irão diagnosticar exatamente qual o grau de sua dependência e quais são os problemas que você enfrenta diariamente. Com isso, saberemos quais são as substâncias que estão intoxicando seu organismo e a melhor abordagem de destoxificação e tratamento disponível. Haverá, também, a investigação da existência de alguma doença psiquiátrica que possa resultar na vontade de utilização da substância, como transtornos de ansiedade e depressão, por exemplo.

Dessa avaliação inicial, o paciente sai com um plano individualmente elaborado para a gradual recuperação. Geralmente, ele é composto de três fases: a destoxificação, na qual o indivíduo se recupera da dependência física da substância, eliminando quaisquer resquícios químicos dela que estejam em seu sistema, e minimizando possíveis efeitos colaterais; a terapia, em que os sintomas psicológicos da doença são trabalhados, e na qual a dependência mental da substância é trabalhada, substituída e minimizada; e a reinserção social, na qual o paciente retornará, aos poucos, às atividades cotidianas.

O envolvimento familiar nesse processo é extremamente importante. Assim, se você ama alguém que desconfia estar perdido no uso de substâncias químicas, converse com essa pessoa. Faça com que ela se abra e esteja sempre envolvido no processo de sua recuperação. Quando esses cuidados são tomados, as chances de sucesso do tratamento são altíssimas.

 

 

 

 

Blog

Estamos Online