Internação Voluntária para Dependentes Químicos

A internação voluntária ocorre quando o próprio paciente, dependente químico, manifesta por vontade própria o desejo de tratar a sua dependência e procura uma clínica especializada, ou pede para que um familiar, amigo ou médico de confiança, para que o ajude.

A vontade própria de abandonar as drogas geralmente ocorre quanto o dependente sente as primeiras consequências e perdas, como o afastamento de amigos e familiares, problemas em casa e no trabalho, comportamento irresponsável quando sob o efeito das drogas e um aumento repentino da quantidade e frequência de consumo, entre outros.

Quando procurar a Internação Voluntária

Não é possível prever quando o dependente químico apresentará a vontade própria de buscar um tratamento de reabilitação e nem por quanto tempo o mesmo permanecerá com esta consciência a respeito do uso das drogas.

Isso ocorre porquê as drogas afetam cada pessoa de forma diferente, enquanto umas possuem maior resistência aos seus efeitos, outras passam de um nível de dependência leve para a dependência grave de forma rápida e inesperada. Outros fatores agravantes são o tipo de droga que o dependente consome e o ambiente em que ele vive.

Nós, do Grupo Nova Etapa, aconselhamos que a procura por uma clínica de recuperação especializada seja imediata, assim que identificados os primeiros sintomas da dependência. Uma vez que, quanto mais rápida a intervenção e auxílio profissional para combater a dependência química, mais rápidos e melhores serão os resultados.

Preencha o formulário para receber mais orientações dos nossos especialistas e saber como agir ao identificar os primeiros sinais da dependência química, em você ou em seu familiar:

 

 

 

Blog

Estamos Online