Melhor tratamento evangélico para dependentes químicos

Muitas pessoas que lidam com problemas com drogas ou álcool buscam apoio espiritual para largar o vício e se recuperar. Muito embora não seja o caso de todos, algumas pessoas acham o caminho mais fácil quando ele segue os preceitos de sua fé religiosa. O melhor tratamento evangélico para dependentes químicos é aquele que leva em consideração um tratamento espiritual como parte da estrutura de apoio do trabalho de recuperação.

Como esse programa ajuda os evangélicos a depositar a sua fé no difícil caminho da recuperação, ele tem se mostrado tão efetivo quanto os métodos tradicionais. Para que um tratamento baseado na fé funcione efetivamente, no entanto, é muito importante que ele traga apoio espiritual e que comprovadamente tenha funcionado, e que melhor se adeque às necessidades do paciente. Dessa forma, ele se sentirá fortalecido pela fé e capaz de superar as dificuldades do processo.

O Programa de 12 Passos de reabilitação dos Alcóolicos Anônimos (AA) teve sua origem baseado nos princípios evangélicos e, através dos anos – desde sua criação, nos anos 1930 –, tem ajudado inúmeras pessoas a superarem seus vícios, auxiliando os participantes a encontrarem conforto e ombros amigos enquanto buscam se manterem sóbrios, sempre se apoiando em um poder maior.

No tratamento evangélico, o vício e os problemas mentais são abordados de uma perspectiva espiritual, em um programa que busca o crescimento espiritual em conjunto com a recuperação, de forma a mudar completamente a vida desses indivíduos. O programa, na realidade, combina o tratamento convencional com sessões de imersão na fé, de forma que é composto por grupos educacionais, sessões de terapia em grupo, e ainda aborda a prevenção de recaídas e sessões de terapia individuais.

Durante o tratamento, os pacientes passam por aulas educativas sobre os princípios espirituais, participam de estudos da Bíblia e de grupos de oração, são aconselhados pelos pastores sobre vício com drogas e álcool e participam de terapia em grupo e de sessões de estudos religiosos, tudo com o objetivo de desenvolver e reparar sua relação com Deus e aprofundar a sua fé, tudo isso aliado a terapias em grupo e o controle dos sintomas da abstinência.

O equilíbrio entre as aulas e os ensinamentos evangélicos e o tratamento convencional faz com que o tratamento evangélico seja uma excelente escolha para quem quer iniciar sua jornada para a cura. O paciente trabalha suas questões pessoais ao mesmo tempo em que aprofunda a sua fé e entra em contato com Deus. Todos os pacientes são encaminhados a um conselheiro evangélico, que irá trabalhar para reconectá-los com Cristo.

Um estudo conduzido pela Universidade de Baylor, do Texas, EUA, concluiu que a prática religiosa pode ajudar a reduzir comportamentos de risco, como é o caso do abuso de álcool e de drogas. De acordo com ele, o trabalho físico, emocional e espiritual desses programas faz com que os tratamentos de detox e o acompanhamento psicológico voltados à recuperação do paciente viciado sejam efetivos para uma recuperação duradoura.

Blog

Estamos Online