Dependência Química, Informações

Clínica de Recuperação para Mulheres

Clínica de recuperação para mulheres

Uma das muitas dúvidas que as pessoas têm quando o assunto é dependência química e clínicas de reabilitação é se existe uma clínica de recuperação para mulheres.

E a resposta é sim, existe. E a clínica de recuperação para mulheres não existe apenas para poder separar os gêneros.

Mas há um propósito para tal. Continue a leitura para entender o porquê.

As mulheres ainda perdem para os homens quando o assunto é dependência química. O público masculino ainda lidera o ranking, mas as mulheres têm cada vez mais se aproximado.

Estima-se que a cada 3 usuários de drogas, um é mulher. Ou seja, 1/3 (um terço). Esse número cresceu muito na última década.

Um dos principais motivos do aumento de mulheres usuárias de drogas e consequentemente dependentes químicas seria a ascensão da mulher na sociedade.

As mulheres modernas costumam sair mais, trabalhar e fazer praticamente as mesmas coisas e ter acesso aos mesmo lugares que os homens. Isso quer dizer que o acesso às drogas ficou mais fácil.

Além do acesso facilitado às drogas, as mulheres que constituem família, com filhos, e que ainda trabalham fora costumam ter uma responsabilidade muito grande.

E se seu companheiro não procura dividir as tarefas do lar e não é de fato um parceiro, isso pode acarretar um peso muito grande sobre a mulher. E esse pode ser um dos motivos que a leva a consumir drogas. Para “aliviar” a pressão, relaxar, esquecer os problemas por um tempo, etc.

Por que uma clínica de recuperação para mulheres?

Por que uma clínica de recuperação para mulheres

Uma clínica de recuperação para mulheres é necessária porque a mulher é diferente do homem.

Sim, parece óbvio, sabemos que é. Mas por que homem e mulher são diferentes? Não se trata apenas de atributos físicos. Mas principalmente a abordagem que difere de um para o outro.

Por exemplo, mulheres e homens costumam ter diferentes motivos para começar a usar drogas.

Os homens, na maioria dos casos, usam por influência de amigos, no caso dos mais jovens, por uma necessidade de pertencer a um grupo específico. Outro motivo seria por problemas financeiros, falta de dinheiro. Ou ainda desemprego.

Já as mulheres começam a usar drogas por problemas emocionais. Problemas que envolvem relacionamento amoroso, seja por seu término ou o desenrolar que não vai bem, com desentendimentos e brigas. E em casos mais extremos, agressões, físicas ou verbais.

Outro motivo ligado também ao emocional é o sentimento de rejeição que a mulher costuma ter mais do que os homens. Rejeição essa que muitas vezes só existe em sua mente.

Sentir-se mal com seu corpo, sentir vergonha de si mesma, preocupar-se demais com o que os outros vão achar ou pensar pode abalar bastante o emocional da mulher.

Segundo um estudo realizado pela Fiocruz, ( Fundação Oswaldo Cruz) de 5 dependentes químicos em tratamento, apenas 1 é mulher. Isso significa que as mulheres que sofrem com a dependência química procuram menos ajuda e tratamento comparadas aos homens.

Citamos aqui apenas alguns motivos do porquê de uma clínica de recuperação para mulheres ser necessária, mas existem outros também como o próprio organismo feminino que reage de forma diferente as drogas.

Para saber mais detalhes sobre clínica de recuperação para mulheres, entre em contato conosco e teremos grande prazer em atender você.

Previous ArticleNext Article
Estamos Online