Clínica para dependentes químicos em SP

Quando se pensa em uma clínica para dependentes químicos, o primeiro impacto pode ser assustador. Mas às vezes saber qual a rotina e o que se pode esperar dos dias em uma delas pode ser reconfortante. Existem inúmeras clínicas para dependentes químicos em São Paulo, por exemplo, mas todas elas seguem uma rotina similar, baseadas em terapias cujo sucesso é comprovado. Os locais seguem uma rotina diária, o que ajuda aos pacientes a saberem como seu dia funcionará, diminuindo a ansiedade e o estresse de estar em um ambiente de recuperação.

A ideia de uma clínica é mudar totalmente os hábitos dos pacientes, substituindo-os por hábitos de vida saudáveis. Por isso, esqueça dormir durante a manhã toda. Normalmente, o dia começa cedo com um café da manhã saudável e exercícios físicos ou uma rotina de relaxamento, como meditação ou orações. Isso porque parte do tratamento e do processo de recuperação é voltada à construção de uma nova rotina, que será mantida por toda a vida após a alta. Em seguida, normalmente há uma sessão de terapia em grupo, na qual serão abordados tópicos referentes ao processo de recuperação. Nessas sessões, o paciente começa a perceber os padrões prejudiciais de comportamento que o levam a buscar a droga, e começa a descobrir como pode muda-los para evitar recaídas.

Durante a tarde, após um almoço balanceado, ocorrem a maior parte dos tratamentos intensivos. Nesse pacote estão incluídas as terapias individuais, como a terapia cognitivo-comportamental, em sessões individuais, ou outras sessões de terapia em grupo. Algumas clínicas oferecem, ainda, sessões de terapia especializadas para o tratamento e controle de acessos de raiva ou de ansiedade, por exemplo, bem como terapias familiares, nas quais muitas questões de família são tratadas e resolvidas.

Além das sessões de terapia, pode haver também palestras nas quais ex-viciados dividem suas experiências de vida, dando aos pacientes a esperança de uma vida nova e de um futuro melhor e, por vezes, dividindo experiências e dando dicas sobre como enfrentar a vida ao sair dali, sobre como reconstruir a carreira, por exemplo. A depender do local, também existe a oferta de outros tipos de atividades e terapias, como artes, música ou dança, um programa de exercícios em grupo, como futebol ou vôlei, possibilidade de participar de caminhadas, etc., que podem ser usadas e aproveitadas no tempo livre.

À noite, após o jantar, pode haver outra sessão de terapia em grupo – a maior parte dessas atividades é voltada para o Programa de 12 Passos ou semelhante, no qual o paciente busca efetuar uma avaliação pessoal, se compromete a modificar o seu comportamento, a reparar os erros do passado e se engajar cada vez mais no programa e em sua recuperação. O horário de dormir normalmente ocorre em um horário razoável, para que todos possam usufruir de uma boa noite de sono reparador, sempre dentro da cultura de cultivar hábitos de vida saudáveis, para que os pacientes possam recuperar suas energias para enfrentar um novo dia.

 

Blog

Estamos Online