Clínica para dependentes químicos em SP

Quando se pensa em uma clínica para dependentes químicos, a primeira ideia pode ser negativa, de um lugar ruim, até mesmo de punição. Porém o ideal é entender a rotina e o que se pode esperar dos dias em uma delas, pode ser reconfortante. As opções são inúmeras quando falamos em clínica para dependentes químicos em SP, mas todas elas seguem uma rotina similar, baseadas em terapias cujo sucesso é comprovado.

Os locais seguem uma rotina diária, o que ajuda os pacientes a saberem como seu dia funcionará, diminuindo a ansiedade e o estresse de estar em um ambiente de recuperação.

A ideia de uma clínica é mudar totalmente os hábitos dos pacientes, substituindo-os por hábitos de vida saudáveis. Por isso, esqueça dormir durante a manhã toda.

O que é a dependência química?

O que é a dependência química

A dependência química é uma doença, inclusive reconhecida e relacionada na lista de doenças da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A dependência química ainda é mal interpretada por grande parte da população. Não apenas no Brasil, mas em praticamente todo o mundo.

Infelizmente é bem comum que as pessoas assimilem dependentes químicos à marginais, criminosos, “vagabundos”, entre outros adjetivos pejorativos.

A dependência química é definida como um conjunto de fenômenos comportamentais, cognitivos e fisiológicos, que se desenvolvem após o uso repetido de determinada substância.

Trata-se de um transtorno mental, uma doença crônica, onde diversos fatores podem contribuir para o seu desenvolvimento, incluindo a quantidade e frequência de uso da substância, a condição de saúde do indivíduo e aspectos genéticos, psicossociais e ambientais.

A dependência química é uma doença primária, ou seja, pode ocasionar outras doenças como depressão, ansiedade, esquizofrenia, enfisema pulmonar, insuficiência renal e hepática, entre muitas outras.

De 100.000 usuários de drogas existentes em 1924, atualmente eles são mais de 271 milhões, segundo dados do Relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), de 2017. Este número equivale a 5,5% da população mundial (mais de 7 bilhões de pessoas).

Dos 271 milhões de usuários de drogas existentes no mundo, pelo menos 30 milhões são dependentes químicos. No Brasil, o número de usuários de drogas ilícitas ultrapassa os 3,5 milhões.

A dependência química atinge 4 entre 10 famílias brasileiras, segundo a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (ABEAD).

A rotina na clínica para dependentes químicos em SP

A rotina na clínica para dependentes químicos em SP

Início do dia

Normalmente, o dia começa cedo com um café da manhã saudável e exercícios físicos ou uma rotina de relaxamento, como meditação ou orações.

Isso porque parte do tratamento e do processo de recuperação é voltada à construção de uma nova rotina, que será mantida por toda a vida após a alta.

Em seguida, normalmente há uma sessão de terapia em grupo, na qual serão abordados tópicos referentes ao processo de recuperação.

Nessas sessões, o paciente começa a perceber os padrões prejudiciais de comportamento que o levam a buscar a droga, e começa a descobrir como pode mudá-los para evitar recaídas.

Período da tarde

Durante a tarde, após um almoço balanceado, ocorrem a maior parte dos tratamentos intensivos. Neste pacote estão incluídas terapias individuais, como a terapia cognitivo-comportamental, em sessões individuais, ou outras sessões de terapia em grupo.

Algumas clínicas oferecem, ainda, sessões de terapia especializadas para o tratamento e controle de acessos de raiva ou de ansiedade, por exemplo, bem como terapias familiares, nas quais muitas questões de família são tratadas e resolvidas.

Além das sessões de terapia, pode haver também palestras nas quais ex-dependentes químicos dividem suas experiências de vida, dando aos residentes a esperança de uma vida nova e de um futuro melhor.

E, por vezes, dividindo experiências e dando dicas sobre como enfrentar a vida ao sair dali, sobre como reconstruir a carreira, etc.

A depender do local, também existe a oferta de outros tipos de atividades e terapias, como artes, música ou dança, um programa de exercícios em grupo, como futebol ou vôlei. E também a possibilidade de participar de caminhadas que podem ser usadas e aproveitadas no tempo livre.

Período da noite

À noite, após o jantar, pode haver outra sessão de terapia em grupo. A maior parte dessas atividades é voltada para o Programa de 12 Passos ou semelhante, no qual o paciente busca efetuar uma avaliação pessoal, se compromete a modificar o seu comportamento, a reparar os erros do passado e se engajar cada vez mais no programa e em sua recuperação.

O horário de dormir normalmente ocorre em um horário razoável, para que todos possam usufruir de uma boa noite de sono reparador. Sempre dentro da cultura de cultivar hábitos de vida saudáveis, para que os pacientes possam recuperar suas energias para enfrentar um novo dia.

Duração do tratamento na clínica para dependentes químicos em SP

Duração do tratamento na clínica para dependentes químicos em SP

Uma dúvida bem comum que as famílias têm com relação à clínica para dependentes químicos em SP é sobre a duração do tratamento.

Como falamos antes, a dependência química é uma doença crônica. E doenças crônicas devem ser tratadas pelo resto da vida, como hipertensão ou diabetes, por exemplo. Assim também é com a dependência química.

Isso não significa que o dependente químico ficará internado para sempre na clínica de recuperação. Mas que precisa continuar tomando alguns cuidados e evitando certas “ciladas” para que não tenha recaídas após sair da clínica de reabilitação. E infelizmente essas recaídas são mais comuns do que se espera.

Agora, falando sobre a internação, de quanto tempo ela dura, isso pode variar de acordo com o nível de dependência, o estágio de toxicidade do organismo e o perfil psicológico do paciente.

Tudo isso é avaliado quando o paciente chega na clínica de reabilitação. Além disso, o seu progresso pessoal também irá dizer quanto tempo deverá ficar internado.

Mas falando em números, o mínimo que um paciente pode ficar internado seriam 15 dias (mas geralmente costuma ser mais tempo). E o máximo, pode chegar até uns 6 meses, em média.

Mais uma vez, tudo depende da situação do paciente, da sua evolução no tratamento contra a dependência química que é avaliada pela equipe de profissionais da clínica.

Se você está à procura de uma clínica para dependentes químicos em SP, entre em contato conosco. O Grupo Nova Etapa possui mais de 20 anos de experiência no segmento de reabilitação humana, tendo ajudado milhares de pessoas. Nós estamos preparados para ajudar você e sua família também!

Blog

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Acreditamos que você concorda com os termos