Internação

Como internar uma pessoa com esquizofrenia?

Como internar uma pessoa com esquizofrenia

Aqui, no site do Grupo Nova Etapa, você encontra muito conteúdo sobre dependência química e alcoolismo. Ambos são transtornos mentais, reconhecidos pela Organização Mundial da Saúde como doenças. Além de alcoolismo e dependência química, nós também ajudamos pessoas com esquizofrenia. Portanto, se você quer saber como internar uma pessoa com esquizofrenia, está no lugar certo! Continue lendo para saber mais!

Falando um pouco sobre a esquizofrenia, ela é uma doença psicótica, onde o portador perde o contato com a realidade. Ele pode apresentar alucinações, mudanças comportamentais, delírios e pensamentos confusos.

Os sintomas estão relacionados a uma falta de visão crítica, o que faz com que o indivíduo não veja que está se comportando de maneira estranha. Essa é uma condição que pode afetar homens e mulheres, na mesma proporção.

Porém, cabe ressaltar que os sintomas podem se manifestar de forma diversa em cada indivíduo. E que o tratamento da esquizofrenia é imprescindível por toda a vida, portanto, este requer acompanhamento médico, uso de medicamentos e serviços de cuidados especializados.

As principais formas da doença se manifestar é através da perturbação do pensamento, afetividade e da interação social, iniciando normalmente na fase adulta.

Até o presente momento, não se sabe o motivo exato que causa a esquizofrenia. No entanto, algo que sabemos é que uma combinação de fatores, tais como: genética, ambiente, estrutura e química cerebrais alteradas podem realmente influenciar por completo o aparecimento da doença.

Os pacientes que possuem esquizofrenia podem passar por um surto psicótico e acabam não respondendo bem aos tratamentos mais conhecidos, podendo então, precisar da ajuda de uma internação para conseguir controlar o seu quadro.

Como internar uma pessoa com esquizofrenia: saiba qual o momento certo

Como internar uma pessoa com esquizofrenia: saiba qual o momento certo

A esquizofrenia, assim como a dependência química e alcoolismo, é uma doença crônica. Ou seja, uma doença que não possui uma cura, que precisa de tratamento por toda a vida do paciente.

Por conta dos sintomas psicóticos, o esquizofrênico pode não saber mais o que é perigoso e pode se envolver em algumas situações de conflito, sem que as outras pessoas saibam da sua doença, sem poder ajudar em alguma coisa.

Nem sempre o paciente é agressivo, mas dependendo do estágio da doença, precisa ser vigiado e tratado o tempo todo. Daí então a necessidade da internação.

No Grupo Nova Etapa, o paciente esquizofrênico vai receber o acompanhamento de profissionais médicos, além de enfermeiros e psicólogos que irão oferecer atividades terapêuticas como tratamento.

Dentro dessas atividades, eles podem fazer atividades ocupacionais, artísticas, de maneira intensiva para que a recuperação seja mais eficaz. Para conseguir controlar a esquizofrenia, alguns medicamentos antipsicóticos podem ser usados também.

Sobre como internar uma pessoa com esquizofrenia, a forma mais fácil é tentar convencer o paciente, e realizar uma internação voluntária.

Porém, como já falamos antes, nem sempre o paciente tem consciência de que está doente e precisa de ajuda. Muito menos aceita ser internado. Nestes casos, as opções de internação involuntária e compulsória são as alternativas legais.

A melhor forma de ajudar é buscar um local adequado e que ofereça uma equipe profissional que possa realizar o melhor acolhimento.

E este local, sem dúvidas, é o Grupo Nova Etapa! Para saber mais sobre a nossa instituição e nosso trabalho, entre em contato conosco. Será um prazer para nós ajudar!

Previous ArticleNext Article
Importante: Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Acreditamos que você concorda com os termos