Informações

Como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos?

O Grupo Nova Etapa é especialista em tratamento contra a dependência química e alcoolismo. Mas também cuidamos de pacientes com problemas psiquiátricos, ou seja, com outros tipos de transtornos mentais. E se você gostaria de saber como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos, continue lendo, pois este artigo irá te ajudar!

As doenças mentais são condições de anormalidade ou comprometimento de ordem psicológica, mental ou cognitiva. Há diversos fatores que explicam os transtornos psiquiátricos, como genética, problemas bioquímicos, como hormônios ou substâncias tóxicas, e até mesmo o estilo de vida.

Na grande maioria das vezes as pessoas que sofrem com transtornos mentais se tornam incapazes. Seja completamente ou parcialmente incapazes.

E quando falamos em internação, pode soar como um “abuso” contra o portador do transtorno. Mas como acabamos de dizer, essas pessoas perdem o discernimento do que é certo e do que é errado para si mesmas e também para outras pessoas. Restando apenas a opção de uma internação involuntária ou até mesmo compulsória, dependendo da situação.

Optar pelo não tratamento, que neste caso seria a internação, não é a melhor escolha para a família que sofre com o ente querido e o próprio portador do transtorno também sofre, mesmo que não esteja totalmente consciente disso.

Existem situações médicas que exigem o tratamento em um ambiente diferenciado. Por diversas razões, este tratamento precisa ser realizado em um meio que ofereça condições de melhor enfrentamento da mencionada situação médica.

A internação não é mais como costumava ser há algumas décadas atrás. Ela deixou de ser um fim, passando em uma minoria de casos a ser um meio para o tratamento mais adequado de alguns aspectos dos transtornos mentais.

Nos últimos cinquenta ou sessenta anos, o atendimento psiquiátrico se tornou, como nunca antes, uma atividade majoritariamente ambulatorial.

Como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos: tipos de internações

Como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos

Depois de termos falado um pouco sobre os transtornos mentais, o que eles representam e como podem afetar toda uma família, queremos falar dos tipos de internações para você que deseja saber como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos.

Alguns parágrafos atrás falamos um pouco sobre a internação voluntária e internação compulsória. Mas agora queremos falar um pouco mais sobre estas duas modalidades de internações e também falar da internação voluntária.

Entendemos que se você está querendo saber como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos, é bem provável que a pessoa que você deseja internar não concorde em iniciar um tratamento. Ou sequer entenda que está doente.

Mas quando falamos em problemas psiquiátricos, não nos referimos apenas a casos extremos, onde o paciente perde a noção da realidade, por assim dizer.

Por exemplo, uma pessoa que sofre com depressão ou ansiedade – problemas bem comuns nos dias de hoje – também sofrem com problemas psiquiátricos. Mas não necessariamente são consideradas incapazes de responderem por seus próprios atos. Neste caso, a internação voluntária é mais viável.

Na internação voluntária o paciente concorda em ficar internado, devendo assinar um termo de consentimento no ato da admissão na clínica de reabilitação.

Mas, como já falamos antes, nem sempre o paciente tem ciência de seus problemas psiquiátricos. Portanto, a internação involuntária é a alternativa.

Neste caso, a internação é solicitada por outra pessoa. Na maioria desses casos, o paciente é internado contra a vontade dele. Esse tipo de internação tem que ser avisada ao Ministério Público em até 72 horas depois do ocorrido.

Internação compulsória

Internação compulsória

Existe também a internação compulsória que acontece por determinação da Justiça. Contudo, é uma situação que acontece com extrema raridade.

Tanto a internação compulsória quanto a involuntária só podem ser determinadas por um médico registrado no CRM. Esse profissional avaliará se o paciente oferece risco para si mesmo ou para outras pessoas.

Como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos: tipos de tratamentos

Como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos

Uma outra informação relevante para você que quer saber como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos é entender como funciona o tratamento quando o paciente é internado e está lá na clínica de reabilitação.

Existem dois tipos de tratamentos para pessoas com problemas psiquiátricos que é o tratamento somático e o tratamento psicoterapêutico.

Os tratamentos somáticos incluem medicamentos, eletroconvulsoterapia e outros tipos de terapia que estimulam o cérebro. Por exemplo, estimulação magnética transcraniana e estimulação do nervo vago.

Os tratamentos psicoterapêuticos incluem psicoterapia (individual, de grupo ou familiar e conjugal). Técnicas de terapia comportamental. Por exemplo, métodos de relaxamento ou terapia de exposição. E hipnoterapia.

Grande parte dos estudos sugere que, para transtornos de saúde mental importantes, uma abordagem terapêutica que contemple tanto medicamentos como psicoterapia é mais eficaz do que qualquer um dos métodos de tratamento utilizados isoladamente.

Os psiquiatras não são os únicos profissionais de saúde mental preparados para tratar a doença mental. Outros profissionais incluem psicólogos clínicos, enfermeiros com formação avançada e assistentes sociais.

Entretanto, psiquiatras (e enfermeiros práticos de psiquiatria em alguns estados) são os únicos profissionais de cuidados com a saúde mental com permissão para receitar medicamentos.

Outros profissionais da saúde mental trabalham, sobretudo, com psicoterapia. Muitos clínicos gerais e outras categorias de médicos também receitam medicamentos para tratamento de transtornos de saúde mental.

Sobre internar uma pessoa com problemas psiquiátricos o que vemos acontecer na prática é que o SUS não tem condições de absorver a demanda de internações.

E acaba atendendo somente os casos mais graves, ainda assim com falhas. Muitas famílias precisam recorrer à Justiça para terem assegurado o direito à internação de seu familiar, tornando-a compulsória.

Grupo Nova Etapa

Grupo Nova Etapa

Depois de falarmos um pouco sobre como internar uma pessoa com problemas psiquiátricos, queremos falar um pouco mais sobre o Grupo Nova Etapa.

O Grupo Nova Etapa existe desde 1998, proporcionando um atendimento especializado para as pessoas que sofrem com algum tipo de transtorno mental.

Nossa equipe de profissionais é altamente capacitada e experiente, buscando sempre a inovação das nossas metodologias terapêuticas.

Nosso objetivo é a restauração da qualidade de vida dos nossos pacientes, através do equilíbrio físico, emocional e psicológico.

Educando o comportamento humano e restabelecendo princípios, valores e crenças que promovem a autoestima e um relacionamento familiar e social cada vez melhor e saudável.

Se você está precisando de ajuda com algum familiar com problemas psiquiátricos, entre em contato conosco agora mesmo. Teremos grande satisfação em poder ajudar!

Previous ArticleNext Article

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Acreditamos que você concorda com os termos