Clínica de recuperação masculina

Clínica de recuperação masculina

O Grupo Nova Etapa possui tratamento voltado para os homens em clínica de recuperação masculina. Para entender um pouco mais sobre o assunto, continue a leitura.

Mulheres e homens possuem suas particularidades em diversos aspectos. E tratando-se de dependência química, as coisas costumam seguir a mesma linha.

A dependência química é uma doença que afeta tanto homens quanto mulheres, mas a imensa maioria ainda é o público masculino.

Por esta razão o Grupo Nova Etapa possui uma abordagem específica quando recebe pacientes em sua clínica de recuperação masculina.

De acordo com o III Levantamento Nacional sobre o uso de drogas pela população brasileira, desenvolvido pela Fiocruz em 2015, 4,9 milhões de pessoas haviam feito o uso de alguma droga ilícita nos últimos 12 meses anteriores à pesquisa. Deste mesmo número, 5% são homens e apenas 1,5% mulheres.

O mesmo levantamento mostrou que entre os usuários de crack, 1,4% são homens e 0,4% mulheres.

Problemas que a dependência química pode causar aos homens

Problemas que a dependência química pode causar aos homens

A dependência química pode causar outros tipos de doenças independente do gênero. Mas no caso dos homens, existem algumas doenças específicas causadas pelo abuso de substâncias químicas.

Esta situação é bem comum na adolescência, nos casos onde os rapazes que praticam musculação ou algum outro esporte similar, costumam utilizar anabolizantes para aumentar sua massa muscular.

O problema é que quando um jovem exagera na dosagem dos esteroides anabolizantes, o corpo começa a detectar que já existe muita testosterona e para de enviar estímulos de produção do hormônio aos testículos, segundo as palavras do professor Jorge Hallak, urologista da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e coordenador do Grupo de Estudos de Saúde Masculina do Instituto de Estudos Avançados.

Em outras palavras, o rapaz fica forte, porém o desenvolvimento de seus testículos fica comprometido, causando infertilidade e impotência sexual.

Além dos anabolizantes, outras substâncias também podem prejudicar a saúde do homem, como o próprio álcool que, consumido exageradamente, pode aumentar os riscos de se contrair doenças sexualmente transmissíveis, que consequentemente podem afetar a qualidade do sêmen diminuindo a quantidade de espermatozoides, segundo as palavras da Dra. Cristiane Pires, urologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia.

O tabaco também tem efeito semelhante no organismo do homem, além de causar impotência sexual e outros problemas que afetam tanto homens quanto mulheres.

Sabendo de todas estas particularidades e muitas outras que os pacientes masculinos possuem, o Grupo Nova Etapa proporciona um atendimento exclusivo na clínica de recuperação masculina através de diagnósticos precisos realizados por nossos profissionais, apontando as áreas afetadas pela dependência química.