Dependência Química

O que o álcool pode causar na família?

Sabemos que a bebida alcoólica, o álcool, para ser mais específico, causa diversos danos para quem o consome em excesso. Inclusive causa dependência, chamada de alcoolismo. No entanto, neste artigo nós queremos falar um pouco sobre o que o álcool pode causar na família. Continue a leitura.

No Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde, cerca de 4,2% da população preenche critérios para abuso ou dependência de álcool, sendo 6,9% entre homens e 1,6% entre mulheres.

O 1º Levantamento Domiciliar sobre o uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil indica uma prevalência do uso do álcool na vida de 68,7%. Sendo ela maior para o sexo masculino (17,1%) do que para o feminino (5,7%). No total, há uma estimativa de 11,2% de dependentes de bebidas alcoólicas nas 107 maiores cidades do Brasil.

Sobre os males que o álcool pode causar, podemos destacar as alterações comportamentais da pessoa que faz uso e abuso da substância levando, na maioria das vezes, à desestruturação familiar.

Além disso, pode levar a gastos excessivos com tratamentos médicos e internações hospitalares, a elevado número de acidentes de trânsito com pessoas alcoolizadas, violência urbana e mortes prematuras.

Sobre os efeitos do alcoolismo na família, estudos demonstram que viver em um “ambiente alcoolista” afeta negativamente os filhos (falaremos um pouco mais sobre eles adiante) e que, para cada alcoolista, cinco ou seis pessoas da família são afetadas.

Problemas familiares como desavenças, falta de credibilidade e desconfianças são sentimentos despertados nas pessoas que já passaram pela experiência de ter um dependente e, quando há um dependente na família, todos adoecem.

O que o álcool pode causar na família: filhos

O que o álcool pode causar na família

Como você pode ver, acabamos de citar alguns dos principais problemas sobre o que o álcool pode causar na família. De uma forma geral, todos os membros da família sofrem, como também acabamos de dizer.

Porém, quem costuma sofrer ainda mais com um alcoolista em casa são os filhos.

Nascer em uma família onde a bebida determina um conjunto de adaptações decorrentes da irregularidade de comportamentos de um dos membros ocasiona frequentemente sintomas psicopatológicos. Entre eles, a hiperatividade, perturbações do comportamento, consumo precoce de álcool e outras substâncias, disfunções cognitivas, problemas de aprendizagem, sintomas de ansiedade e depressão.

Os filhos de alcoólatras, além de estarem mais expostos ao risco de desenvolverem uma dependência, quatro a seis vezes mais que os filhos de pais não alcoólicos, apresentam frequentemente, mais problemas somáticos (atrasos no crescimento) e psíquicos (dificuldades de aprendizagem, imaturidade afetiva, alterações emocionais e do comportamento).

Por fim, filhos de dependentes do álcool, quando adultos, poderão vir a apresentar dificuldades como ausência de confiança em si próprios e em outras pessoas. Além disso, poderão ter dificuldades em identificar e exprimir emoções, dificuldades no envolvimento de relações afetivas íntimas e estáveis e sentimento de culpa.

Eles também poderão demonstrar comportamentos fixos e controlados, apresentar desenvolvimento de dependência alcoólica e sintomas de ansiedade e depressão.

Esses são apenas alguns exemplos do que o álcool pode causar na família. Portanto, se você aprecia bebidas alcoólicas, muito cuidado para não exagerar e destruir a sua vida e de sua família.

Se você já está com problemas familiares devido ao alcoolismo, então entre em contato com o Grupo Nova Etapa. Nós somos uma clínica especializada no tratamento do alcoolismo e prestamos suporte não apenas para o alcoolista, mas também para a família. Esperamos seu contato!

Previous ArticleNext Article
Importante: Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Acreditamos que você concorda com os termos